Como trabalhar e se proteger durante a crise de coronavírus

Como trabalhar no salão durante a crise de coronavírus

A indústria da beleza, assim como o mundo todo, está enfrentando enormes dificuldades devido à pandemia de coronavírus prevalecente. Alguns clientes cancelam suas visitas, enquanto outros gostariam de vir, mas têm medo de sua saúde.

Como dono de um salão, barbearia ou clínica de estética, você é obrigado a garantir a segurança de seus funcionários e clientes. A situação atual, no entanto, é particularmente importante não apenas para a sobrevivência dos negócios, mas principalmente para a saúde de todos (sua, de clientes e funcionários). Nós já debatemos como você e sua equipe devem trabalhar para se protegerem e agora vamos ver como você pode (e deve) agir para manter seu negócio em funcionamento.

Como se proteger contra o coronavírus e seguir trabalhando?

A garantia de cem por cento de proteção seria dada apenas por uma quarentena total e com muita higiene pessoal, mas mesmo ficando em casa, você acaba tendo contato com outras pessoas que moram com você e precisa sair, nem que seja para fazer compras de materiais essenciais.

No entanto, o isolamento em casa numa quarentena afeta muito nossas vidas e nós entendemos que muitos donos de salões de beleza,  barbearias e centros de estética (ou até mesmo profissionais autônomos que trabalham na área de beleza e estética) precisam trabalhar e estão tomando a decisão de seguir trabalhando enquanto as administrações municipais, estaduais ou federal não estabelecerem o fechamento temporário dos estabelecimentos de serviço de beleza e estética em suas cidades. Isso é compreensível, mas fique muito atento, diariamente, às notícias e decretos de seu governo para seguir a legislação e evitar maiores danos a seu negócio, equipe e clientes.

Caso essa seja sua decisão, a de continuar trabalhando, saiba que você não pode excluir completamente o risco de infecção no salão, mas pode e deve minimizá-los seguindo algumas regras e tomando as medidas corretas.

Lembre-se da higiene em primeiro lugar

Esta é a regra mais básica e mais importante. A lavagem frequente das mãos, com água e sabão por pelo menos 20 segundos, deve ser o hábito de todas as pessoas associadas à indústria da beleza, uma obrigação antes e depois de cada visita. Durante o serviços, não interrompa, não toque em nada que esteja fora da estação, principalmente no telefone! É nele que a maioria dos germes é encontrada. Durante esse período, é particularmente importante incentivar os clientes a fazerem reservas online, por meio de seu site exclusivo de reservas online do Versum, pois eles poderão verificar o horário de funcionamento e a disponibilidade de agenda de cada funcionário de sua equipe, o qual deverá ser alterado para evitar que seu estabelecimento fique lotado (como explicaremos melhor abaixo). A esterilização e desinfecção de equipamentos e todas as superfícies tocadas pelos clientes são obviamente uma necessidade antes, entre e depois cada tratamento. Você também deve fornecer medidas de proteção apropriadas para os funcionários – luvas, máscaras, álcool em gel 70ºINPM, produtos de limpeza. Vale a pena fornecer álcool em gel 70ºINPM espalhados pelo salão para sua equipe e clientes. Alguns salões também decidem usar termômetros sem contato, mas  lembre-se de que você pode medir a temperatura de funcionários ou clientes antes de entrar na sala apenas se eles concordarem.

Limite o número de clientes no salão

Manter distância é outra regra importante. Ao preocupar-se com a saúde de sua equipe e clientela em detrimento dos lucros e atender menos clientes do que o normal, você ganha menos, mas os benefícios à saúde (e até mesmo à reputação de seu negócio) são inestimáveis. Se você tiver um salão grande, com várias salas, tente organizar o horário de visitas para que os clientes não tenham a chance de se encontrar, para que fique apenas um cliente por sala. Caso seu salão seja apenas um cômodo com as estações de trabalho distribuídas por ele, busque distribuir tais estações de trabalho com uma distância de 2m entre cada uma, ou alternar o uso de estações por exemplo, use as estações 1 e 3 (que não são ao lado uma da outra) para atender as clientes das 15h e as estações 2 e 4 para atender as clientes das 16h, assim você mantém a distância recomendada e consegue melhor organizar seu trabalho para manter o nível de limpeza e higiene recomendados.

Além disso, instrua suas clientes a chegarem ao salão pontualmente para evitar que elas fiquem esperando na recepção e tenham interação com outras pessoas em seu estabelecimento.

Notifique os clientes sobre a situação atual

Informações confiáveis ​​e verdadeiras são muito importantes porque evitam pânico, fofocas e caos. Para avisar as medidas de precaução que você está adotando, novos horários de funcionamento, para sensibilizar as clientes a adiarem seus horários caso não se sintam bem, envie um SMS ou e-mail. A função de envio de mensagens em massa do Versum tornará essa tarefa muito mais fácil para você. Para a remarcação ou cancelamento de horários, prefira informar os clientes por meio de uma ligação, pois é mais pessoal e você tem a chance de se explicar melhor e de ouvir seu cliente.

Além disso, mantenha uma comunicação clara e informativa também com todos os clientes que forem a seu salão para tratamentos. Informe-os sobre como o tratamento será realizado, quais medidas estão sendo tomadas durante o tratamento para evitar a contaminação e como você os aconselha a agir para ajudar nesta prevenção.

Aposte em transações sem contato

Os varejistas são aconselhados a limitar as transações em dinheiro para minimizar as opções de contato. Seu salão também deve seguir esta recomendação. Atualmente, clientes podem fazer pagamentos apenas aproximando seu cartões das maquininhas, mas, se você precisar usar uma maquininha da forma tradicional, é importante limpá-la com álcool após cada transação para eliminar os germes (e talvez os vírus) que estejam no aparelho.
Não se esqueça também de evitar constatos físicos desnecessários com seus clientes e demais membros da equipe. Nós sabemos que qualquer profissional do setor de serviços de beleza e estética trabalha em contato direto com clientes, porém, limite tais contatos ao essencial para efetuar o tratamento, evitando beijos, abraços e apertos de mão.

É melhor fechar o salão de beleza?

Esta é uma pergunta difícil. Ficar em casa reduz as chances de infecção por coronavírus para todos, mas fechar o salão para muitas pessoas pode até significar uma perda de meios de subsistência. Enquanto os negócios não forem proibidos pelos governos (federal, estadual ou municipal), a decisão é sua.

Todo o mundo, inclusive o setor de serviços de beleza e estética, está enfrentando um enorme desafio, e está tomando medidas para se proteger. As autoridades têm mais informações e conhecimento sobre a situação da COVID-19 em nosso país e são elas quem devem estabelecer as políticas para lidarem com esse cenário e nos protegerem. A nós cidadãos, e proprietários de estabelecimentos de beleza e estética, nos resta respeitar e seguir estas medidas.

Trabalho remoto

Uma estratégia que está sendo adotada por várias empresas de todos os setores é a adoção do home office ou trabalho remoto. Essa é também um alternativa para seu negócio. Você pode passar a fornecer, a domicílio, aqueles serviços mais fáceis e que não precisam do uso de aparelhos de difícil transporte, como manicures e pedicures, depilação, cortes mais simples, massagens, limpezas de pele, etc. Assim, parte de sua equipe pode ir até a casa de suas clientes para fornecer o serviço aqueles que assim escolherem. Caso você mude para esse tipo de trabalho, instrua os membros de sua equipe a tomarem todas as precauções necessárias na casa de suas clientes como informá-las sobre todas as medidas de proteção para ambos, evitar contatos físicos desnecessários, higienizar os móveis com álcool antes de usar, higienizar as mãos e utilizar luvas e máscaras se necessário.

Dessa forma, você consegue manter um fluxo de negócios, liberar espaço e manter a distância recomendada entre clientes em seu salão para os demais tratamentos.

A situação que vivemos é única, sem precedentes na história recente, e as medidas tomadas por nós também devem ser únicas e pensando no bem coletivo. Esperamos que essas soluções sejam úteis para o funcionamento do seu salão até certo ponto num futuro próximo.

Caso você esteja de quarentena ou apenas com mais tempo livre, pesquise mais artigos aqui em nosso blog para obter mais materiais úteis sobre o coronavírus e diversos outros temas relacionados à gestão de salões, barbearias e clínicas de estética. Lembre-se de que você pode contar com o apoio da equipe Versum e aproveite também para testar nosso software de gestão de negócios de beleza e estética grátis para verificar como poderemos ajudar seu negócio agora ou quando este momento passar!

Teste Versum Grátis

[Total: 1    Média: 5/5]
Quer saber mais sobre o Versum?

Quer saber mais sobre o Versum?
Deixe seus dados que entraremos
em contato dentro 24h.

Solicitar Contato
close-link

Modelos de Vales-Presente

Venda vales-presente em seu salão, barbearia, esmalteria, spa ou centro de estética e fature mais!
Baixar vales-presente grátis!
close-link

Modelos de Vales-Presente

Venda vales-presente em seu salão, barbearia, esmalteria, spa ou centro de estética e fature mais!
Baixar vales-presente
close-link